Siguenos en la red:

FacebookFacebook TwitterTwitter Geosilex en LinkedIn

Selección de idioma: Español . Français . Português . English

anterior siguiente

8 solicitaciones máximas

para un material de construcción sostenible ideal

1. Fabricação a partir de resíduos ou com o menor consumo de matérias primas não renováveis.

O 97% dos componentes de GeoSilex® procede de resíduos industriais.

 

5. Eficiência energética no processo de fabricação.

O fluido restante gerado na fabricação do GeoSilex®, se comporta como fundente reduzindo o consumo de energia no cozimento de tijolos cerâmicos.

2. Fabricação com zero vestígio de Carbono.

GeoSilex® é uma cal obtida sem emissões de CO2 e custo energético mínimo.

 

6. Cooperar com o resto de materiais para maior eficiência dos elementos nos quais se aplica.

A adição deGeoSilex® aporta uma reserva de portlandita que alonga a vida aos concretos.

3. Atividad redutora de CO2 na vida útil.

GeoSilex® capta e armazena CO2. Reduz um 30% o vestígio de carbono do cimento.

 

7. Cooperar com outros materiais de ação meio ambiental positiva com a maior efeciência da sua atividade.

A adição do GeoSilex® aos concretos com TiO2 fotocatalítico aumenta a redução dos NOx.

4. Não gerar resíduos nem lançamentos de substâncias tóxicas no processo de fabricação.

A totalidade do fluído sobrante gerado na fabricação de GeoSilex® é reutilizado como vitrificante que aumenta a resistência mecânica e reduz a absorção de água nos tijolos tornando-os mais resistentes às geadas e à fadiga.

 

8. Durabilidade.

GeoSilex® outorga um elevado pH e por isso contribui para a estabilidade química do cimento ao longo prazo, favorecendo a durabilidade.

Materiales para arquitectura activa frente al CO2

Mapa do site · Política de Privacidade · · Contato